segunda-feira, 26 de setembro de 2011

No tempo das diligências

Uma vinícola no sudeste da Austrália, na região agrícola de Padthaway, celebra no rótulo de seus vinhos o velho tempo das diligências e seus personagens, que habitavam um século XIX ainda de muita poeira. Aliás, a própria propriedade, criada em 1992, foi batizada de Henry's Drive Vignerons em homenagem ao concessionário de um desses meios de transporte. Henry John Hill operava uma diligência mista, de transporte de passageiros e também de correspondências, que tinha justamente essa propriedade agrícola como um de seus pontos de parada. Rotas eram chamadas de "drives", daí o complemento do nome da vinícola. A Henry's Drive Vignerons é tocada hoje pela simpática neozelandeza Kim Longbottom e pelas enólogas Renae Hirsch e Kim Jackson. O rótulo de seus vinhos põe na prateleira personagens como o dono do serviço de diligência (Henry's Drive Shiraz), o pastor que sempre aparecia por Padthaway para apaziguar seu rebanho (Parson's Flat Shiraz Cabernet) e até mesmo John Montford, uma bandido que, em 1863, usando no rosto um lenço marrom, assaltou a diligência levando um malote de cheques. O vinho foi batizado de The Trial of John Montford. O assaltante que assustou a população local foi condenado.

http://www.henrysdrive.com/

Diário do Comércio de 23/09/2011

Um comentário:

Carlos Magno da Silveira disse...

queremos imagens, imagens!
mgn